FUTEBOL URUGUAYO:

'' É uma religião nacional. A única que não tem ateu. Somos poucos: 3,5 milhões de uruguayos. É menos gente do que um bairro de São Paulo. É um país minúsculo. Mas todos futebolizados. Temos um dever de gratidão com o futebol. O Uruguay foi colocado no mapa mundial a partir do bicampeonato olímpico de 1924 e 1928, pelo futebol. Ninguém nos conhecia.

O futebol uruguayo é o melhor? Não. No mundo guiado pelas leis do lucro, onde o melhor é quem ganha mais, eu quero ser o pior. Não poderíamos sequer cometer o desagradável pecado da arrogância. Seria ridículo para um país pequeno como o nosso. Não somos importantes, o que é bom. Neste mundo de compra e venda, se você é muito importante vira mercadoria. Está bom assim.

Como explicar Uruguay?.... Somos um pouco inexplicáveis. Aí é que está a graça".

EDUARDO GALEANO - Escritor

domingo

JUGADOR URUGUAYO JUAN CARLOS DE LIMA

CLUB NACIONAL DE FÚTBOL: Ostolaza, Seré, Cardaccio, Carlos Favier Soca, Revelez, De León, Ernesto Vargas, Yuberth Lemos, Juan Carlos De Lima, William Castro, José Luis Pintos Saldanha 


Juan Carlos de Lima (Florida,1962 Uruguay) es un ex-futbolista uruguayo que jugaba como delantero. Actualmente se desempeña como parte del cuerpo técnico de Martín Lasarte en la Real Sociedad de la Liga de España.

Goleador consagrado, completó 52 goles en dos temporadas y anexó 8 festejos en la Copa Libertadores en Ecuador.
Fue participe de la gesta de la tercera Copa Libertadores del Club Nacional de Football y del segundo quinquenio del equipo de Peñarol de Uruguay.

Clubes

Nacional: Campeón del Mundo 1988